Quinta-Feira, 23 de Novembro de 2017
CONSTRUINDO A  LogoIntersindical

28 de abril: trabalhadores em luta contra o massacre aos direitos pararam a produção e a circulação de mercadorias

Terça, 02 Maio 2017 16:14

O dia 28 de abril, dia de greve geral contra o desmonte da Previdência, o ataque aos direitos trabalhistas e a terceirização foi marcado pela paralisação de diversas categorias e bloqueios de estradas em várias regiões do país.
A INTERSINDICAL esteve ativamente na construção da greve e em várias regiões junto com diversas organizações parou a produção e a circulação de mercadorias.
Em São Paulo: na região de Campinas, os metalúrgicos junto com o Sindicato pararam a produção nas empresas Benteler, Gevisa, GKN, Bercosul, Magal, Associated Spring e atrasaram a produção na Bosch. Também participamos ativamente da paralisação dos condutores e junto com os trabalhadores da previdência paralisamos todas as agências do INSS da região.

Foto 1 - Metalúrgicos e trabalhadores de várias categorias em Manifestação na Estrada Campinas/Monte Mor
Foto 2 - Metalúrgicos e Estudantes Paralisam a Santos Dumond no Distrito Industrial de Campinas
Foto 3 - Atraso na Produção na Bosch
Foto 4 - Assembleia com Atraso na Produção na Bosch
Foto 5 - Greve na Associated Spring

Na região da Baixada Santista houve bloqueio de rodovia com atraso na produção do polo industrial de Cubatão e paralisação de condutores.

Foto 6 - Servidores Municipais de Santos
Foto 7 - Repressão no Polo em Cubatão
Foto 8 - Paralisação de Estudantes e Trabalhadores da Baixada Santista

Em Franca houve manifestação no distrito industrial que atrasou a produção nas empresas de calçados, indústrias metalúrgicas, cortumes, vestuário e outras.

Foto 09 - Sapateiros de Franca em Luta no distrito industrial

Em Rio Claro houve Paralisação na parte da Manhã na Brascabos, Metabio, MDT e Ferrave, e protesto no cenro da cidade em conjunto com as demais categorias.

Foto 10 - Paralisação na MDT
Foto 11 - Manifestação no Centro de Rio Claro

Em Limeira estivemos juntos na Limeirense (transporte municipal) em que todos os trabalhadores aderirar a greve. Na Mercedes Benz (Iracemápolis) os trabalhadores também adediram a Greve, e depois estivemos junto com as demais categorias no centro de Limeira.

Foto 12 - Greve dos Trabalhadores do Transporte na Limeirense.
Foto 13 - Greve dos Trabalhadores na Mercedes em Iracemápolis.
Foto 14 - Manifestação no Centro de Limeira.

Em Vinhedo houve paralisação do distrito industrial e bloqueios de rodovias no período da manhã.

Foto 15 - Paralisação e Bloquei no distrito Industrial.
Foto 16 - Bloqueio das Rodovias em Vinhedo.

Na capital houve protesto com paralisação do Hospital do Servidor Público e paralisação nas Agências do INSS. No ramo dos radialistas houve greve na EBC.

Foto 17 - Greve na EBC
Foto 18 - Paralisação no Hospital do Servidor na Capital
Foto 19 - Protesto no INSS na Capital
Foto 20 - Em todas essas regiões estivemos juntos com os trabalhadores nos Correios que estão em greve desde o dia 26.

Em Santa Catarina: em Blumenau houve protesto com atraso na produção nas empresas Têxteis como Altenburg e Hering e paralisação dos bancários, vigilantes, Condutores (rodoviários), Eletrecitários e Trabalhadores Municipais, além de passeata no centro da cidade. Em Florianópolis os trabalhadores do Incra também paralisaram o trabalho. E Em Chapecó os Trabalhadores das Industrias de Carnes participaram do ato conjunto no centro da ciadade.

Foto 21 - Paralisação na Altenburg - Unidade 1.
Foto 22 - Paralisação na Altenburg - Unidade 2.
Foto 23 - Paralisação de Bancários e Vigilantes em Blumenau.
Foto 24 - Protesto no Centro de Blumenau.
Foto 25 - Manifestação no Centro de Chapecó

No Rio Grande do Sul: houve bloqueio de estradas paralisando a produção do polo petroquímico de Montenegro, paralisação na JBS, paralisação do transporte público e manifestação dos municipários de Cachoeirinha. Seguimos na greve dos trabalhadores nos Correios de Santa Maria e região. Participamos ativamente na paralisação dos trabalhadores rodoviários de Porto Alegre em que 100% das linhas estão paradas. E estivemos presentes nas manifestações nos centros das diversas cidades.

Foto 26 - Paralisação na JBS
Foto 27 - Paralisação do polo petroquímico de Montenegro
Foto 28 - Paralisação Rodoviários de Porto Alegre
Foto 29 - Paralisação da BR 124 - Polo Petroquímico de Montenegro
Foto 30 - Greve e Manifestação dos Trabalhadores nos Correios de Santa Maria
Foto 31 - Paralisação Trabalhadores Rodoviários de Cachoeirinha
Foto 32 - Manifestação dos Trabalhadores em Cachoeirinha

No Paraná: houve paralisação dos professores municipais em Curitiba, do serviço público em São José dos Pinhais e Araucária, manifestação no oeste do Paraná nas cidades de Toledo, Cascavel e Guaíra e estivemos presentes nas paralisações dos professores estaduais e na greve dos trabalhadores nos Correios por todo o estado.

Foto 33 - Ato conjunto em Curitiba
Foto 34 - Protesto em São José dos Pinhais.
Foto 35 - Protesto em Ponta Grossa.
Foto 36 - Protesto em Curitiba.

Em Minas Gerais: paramos a BR em Ipatinga e o transporte público. Metalúrgicos, servidores municipais juntos com seus Sindicatos e outras organizações de luta realizaram protesto que se espalhou pela cidade.

Foto 37 - Paralisação dos Trabalhadores do Transporte
Foto 38 - Manifestação na Usina e pela Cidade em Ipatinga.
Foto 39 -

No Mato Grosso: seguimos na greve dos trabalhadores nos Correios, paralisamos as atividades no Detran e participamos ativamente da paralisação dos trabalhadores do transporte de Cuiabá. Estamos participando do ato unificado com o conjunto dos trabalhadores.

Foto 40 - Trabalhadores Rodoviários de Cuiabá em Luta!
Foto 41 - Piquetão dos trabalhadores dos trabalhadores nos Correios e no Detran.
Foto 42 - Manifestação pelas Ruas de Cuiabá.

No Distrito Federal: bloqueamos a BR 020, participamos da manifestação dos trabalhadores no Saneamento e do ato na Esplanada dos Ministérios.

Foto 43 - Manifestação dos Trabalhadores no Sanemaneto do DF
Foto 44 - Trancamento da BR020

No Ceará: seguimos firme na greve dos Correios e participamos das manifestações de rua em Russas e Fortaleza.

Foto 45 - Mobilização dos Trabalhadores no Correio
Foto 46 - Trancamento na BR 116 em Russas.

Na Bahia: Em Feira de Santana fortalecemos a greve dos trabalhadores nos Correios. E Em Salvador e Feira de Santana nos atos com conjunto da classe no centro da cidade.

Foto 47 - Feira de Santana
Foto 48 - Mobilização em Salvador

No Rio de Janeiro: participamos da greve dos trabalhadores nos Correios e dos atos do funcionalismo público municipal e estadual.

Foto 49 - Trabalhadores dos Correios do Rio de Janeiro em Greve
Foto 50 - Manifestação dos Trabalhadores da Educação e do Conjunto de nossa Classe no Centro do RJ pela manhã.


E A LUTA CONTINUA, PARA BARRAR A REFORMA TRABALHISTA, A TERCEIRIZAÇÃO E O DESMONTE DA PREVIDÊNCIA.
O 28 de abril foi mais um importante momento de enfrentamento contra os ataques do dos patrões, do governo Temer/PMDB e do Congresso Nacional à classe trabalhadora. Seguimos firmes, por nenhum direito a menos, organizando a mobilização para a próxima e necessária greve geral.
E NO 1ͦ DE MAIO, DIA INTERNACIONAL DE LUTA DA CLASSE TRABALHADORA ESTAREMOS NAS RUAS EM MOVIMENTO CONTRA OS ATAQUES DO CAPITAL E SEU ESTADO.

 

Lido 581 vezes
Receba informações por email